Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; Mas os que esperam no SENHOR renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão. (Isaías 40:30-31)

Rumo à vitória!

Relato da minha Gastro

Relato da minha cirurgia, realizada no dia 12/09/2011

Acordei umas 6:30hs, minha barriga roncava muitoooo, estava com muita fome!  Tomei meu remédio de pressão, escovei os dentes e chequei se minhas malas e exames estavam ok! Tomei banho e  me arrumei para ir me internar...estava tranquila, só o que me estressava era a fome mesmo, pois era muita fome, vcs não tem noção! Às 8hs, já estava tudo pronto, meus filhos ainda estavam dormindo, resolvi acordá-los para lhes dar um beijo e um abraço. Quando eu os chamei, falei:
-Mamãe está indo para o hospital, quero um beijo e  um abraço...

Eles levantaram logo, sem preguiça, nem manha, tão comum todos os dias, rs

Aí foi que estremeci...ao abraçá-los e beijá-los, na mesma hora pensei: Meu Deus, pode ser o último beijo que dou em meus filhos!! Aí parece que minha ficha caiu, eu comecei a chorar discretamente, para que eles não ficassem com medo...me controlei, abracei-os bem apertado e saí do quarto...lágrimas rolavam sem parar! Tratei logo de colocar os óculos escuros para ninguém ver! Eu pensava: Força Danielle, isso é preciso, é por eles também! Eles precisam de uma mãe mais feliz e tranquila! Fiquei firme, me despedi da minha mãe que mora ao lado, enxuguei as lágrimas e parti com meu marido em direção ao hospital. Fui calada, daqui até lá, pedindo a Deus que apesar das minhas falhas, me permitisse voltar para o meu lar.
Chegando no hospital,às 8:30hs, já estava preparada para demorar com o processo de internação, pois na cirurgia que fiz lá mesmo no ano passado, passei 2 horas esperando pela internação. Lembro que estava preocupada ainda, será que o médico tinha mesmo voltado de viagem? Será que não ia conseguir me internar? Mas à medida que fui fazendo a ficha (o que foi muito rápido por sinal) fui me convencendo que estava mesmo tudo certo! Às 9hs eu já estava subindo para o apartamento, mesmo  com o papel do médico dizendo para me internar às 10hs, apesar do meu plano ser enfermaria, fiquei em apartamento, devido ao tipo de cirurgia. O apartamento era muito grande, tudo limpinho e arrumadinho... pronto, agora era só esperar, a cirurgia estava agendada para as 16hs...ainda faltava muito tempo! Aí fiquei tirando fotos, assistindo tv, recebi algumas enfermeiras, respondi alguns questionários, enfim, mas estava ansiosa para ver meu médico!
Umas 13hs, ele chegou! Meu Deus, que alegria ao vê-lo abrindo aquela porta! rsrs Que emoção!!! Ele perguntou como eu estava, como estava minha pressão...estava tudo certinho, eu estava calma...mesmo assim ele perguntou se eu queria um calmante...eu disse que não, não tinha necessidade, pois eu estava muito tranquila. Ele me orientou sobre o banho e o uso da meia, que às 15 hs eu já estivesse pronta. Aí ele se foi, disse que voltava perto do horário da cirurgia.
Mas as 14hs, minha cabeça começou a doer, chamaram os enfermeiro e tchanran!! A pressão estava subindo! Faltando 2 horas para a cirurgia, minha pressão estava 15x9...Jesus, me desesperei! Quanto mais eu tentava me acalmar, mais nervosa eu ficava...tentaram contatar o médico, mas ninguém conseguiu localizá-lo, aí a enfermeira mandou eu tomar outro comprimido meu de pressão...só que o bicho era grande! Como eu ia tomar sem água?? Tentei tomar com 1 dedinho de água e o comprimido não desceu, fiquei entalada com ele, fazendo massagem na garganta por 30 minutos, aí finalmente ele desceu. Tomei meu banho, me deitei, meu marido e minha sogra estavam em pânico, e ela não parava de dizer: - Daniellle, vc devia ter pedido o calmante!! Aff! Tudo bem, talvez eu devesse ter pedido mesmo, mas eu estava tão bem! Só que o corpo agente não controla né! Paciência, agora era tarde, não adiantava ela ficar falando isso! Pedi pra  meu marido apagar as luzes e para eles fazerem silêncio, só que eu não conseguia relaxar, então pedi para ele começar a ler a bíblia pra mim, e ele leu um monte de salmos, eu notei que a voz dele estava trêmula...ele estava nervoso...pedi forças a Deus para mim e para ele, e que só Deus poderia me ajudar naquela hora, que fosse tudo conforme a vontade dEle! Às 15:30hs, o meu médico chegou, e logo em seguida, recebi a visita do anestesista no quarto, respondi suas perguntas, ele viu meus exames e foi se preparar para ir ao centro cirúrgico.
Umas 15:50 hs escutei o barulhinho da maca chegando...ai, que sensação!!! rsrsrs Chegou a hora, é contigo Senhor!!!! Eles me levaram, e meu marido e sogra acompanharam até a porta do centro cirúrgico.Esse momento foi #tensooo!
O engraçado, é que enquanto o maqueiro me levava, eu lembrei daquelas cenas de filme, onde a pessoa está na maca e as luzes do corredor do hospital vão passando bem rápido e bem certinhas! kkkkk No meu caso, iam fazendo um zigue zague, e tinha vez que até ia para o lado mesmo, pensei que ia bater na parede! kkkkkkkk Controla aí sr. maqueiro! Forçaaaa!!! kkkkkkkkkkkkk Fui tirando onda, mas só eu sei o que tava sentindo naquela hora! Que medo de não voltar Jesus!!! Mas se tava nas mãos de Deus, eu tinha que confiar! rsrs
Daí por diante, tentei esquecer meus filhos, meu marido e tudo que eu tinha deixado lá fora, por alguns instantes, e comecei a me preparar para o que estava por vir! Me deixaram lá no cantinho e disseram que voltariam logo! Daqui a pouco, começaram a chegar todos da equipe! Me levaram para aquela cama minúscula, eu já sabia que era assim, pq já fiz outras cirurgias, rsrs...mas é muito estreitinha mesmo, dá medo de cair! rsrs
Começaram a me preparar, colocar os equipamentos e tudo, não sei quanto estava minha pressão! Meu médico já estava lá só esperando estar tudo pronto. Eu ainda pensava que a qualquer momento o médico ia dizer que não dava pra fazer a cirurgia...ainda não tava acreditando! Pensei que podia voltar para o quarto a qualquer momento por causa da pressão alta! Olhei no relógio, e eram exatamente 16hs...o anestesista começou a procurar a veia, eu sabia que essa parte ia demorar. Ele me furou umas 8 vezes, e todos falavam, bota ela pra dormir e agente pega a central! Não Senhor, eu não queria na central! rsrsrs Depois de meia hora, ele conseguiu pegar a veia! Na hora eu pensei:  Tadinho do meu marido, pensa que a cirurgia já começou e eu ainda estou aqui acordada! kkkkk Vai atrasar pelo menos uns 30 minutos, rsrsrs (a previsão era de 2 horas de cirurgia). Dr. Arnaldo disse, já já vamos começar Danielle! Eu falei pra ele: doutor, assim que puder, avise meu marido pq ele está muito nervoso! kkkk Ele falou: tá, é? e deu uma risada! (Eles ficaram  amigos com o tempo, graças a Deus) e meu marido confiou nele desde a primeira vez que o viu, rsrs - Deixa eu explicar uma coisa...esse médico foi enviado por Deus na minha vida, pois quando o conheci, em 2010, foi para realizar uma cirurgia de cisto no ovário, nada a ver com gastroplastia né...e no dia dessa outra cirurgia ele me disse que fazia gastro e passou-se 1 ano para eu voltar lá e começar a fazer os exames para a gastro, rsrrsrs (explico melhor na aba "Difícil decisão"
Agora deixa eu voltar ao relato, rsrsrs
Uma coisa que estranhei, foi que em todo tempo, o anestesista, não olhava pra mim, e nem falava comigo, achei muito estranho, achei até que podia ser algo "espiritual", mas fiquei firme, pois minha confiança estava no SENHOR DEUS.
Mandaram eu sentar, pois eu ia tomar a anestesia raque, e uma moça me disse: fique tranquila, qual é sua religião? Falei: Sou evangélica! Aí ela disse: então vc sabe, antes de todos nós chegarmos aqui, Ele já estava aqui, e vai dar tudo certo! Pronto, aí eu relaxei, suas palavras foram como bálsamo em meu coração inquieto, o médico falou: Coloca ela pra dormir, vou começar! Deitei e em poucos minutos senti um soninho e pensei...Senhor, estou em tuas mãos! Pronto, apaguei!
Acordei com a mesma moça me chamando...Danielle, acorde, a cirurgia terminou. Era uma voz distante, que logo foi ficando mais real, então acordei e a primeira coisa que pensei foi: Estou viva!! Obrigado Senhor!
Eles me levantaram um pouco, passei pra outra maca e me levaram para sala de recuperação, a cirurgia terminou às 19 hs...fiquei na recuperação e dormi bastante lá...não sentia nada! Às 21hs fui para o apartamento e fui recebida pelo lindo sorriso do meu marido, que logo se transformaram em lágrimas de alegria e gratidão a Deus.
Depois eu soube que quando o médico foi avisar a meu marido que a cirurgia tinha acabado, ele quase chorou também, pq meu marido estava chorando feito um menino! rsrsrs
Minha cirurgia foi perfeita!
Não senti dor, não tive asma, não senti nada...daí por diante, vcs já sabem...é só acompanhar as postagens do blog.

Glória a Deus por tudo, pois tenho certeza que sem Ele, o resultado tinha tudo para ser bem diferente!
A cirurgia mais arriscada da minha vida, foi a melhor de todas! Glória a Deus por isso!

*O relato foi longo, mas eu sou muito detalhista mesmo, pois para mim, cada detalhe deste foi muito marcante!!

Antes da cirurgia...o V da Vitória!!!